quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

No Que Diz Respeito à Prostituição, Salazar Era Um Libertário




Salazar “acondicionou” a prostituição. Criou leis que remetiam a prática da prostituição a determinadas zonas das cidades, criou um sistema de fiscalização da saúde física das prostitutas com um acompanhamento médico gratuito e regular. Salazar compreendeu que é impossível acabar com a chamada “profissão mais antiga do mundo”. 


Salazar era um libertário, quando comparado com uma parte importante da esquerda “libertária” europeia

O Parlamento Europeu (PE) vota na quarta-feira uma recomendação sobre a criminalização dos clientes das prostitutas com idade inferior a 21 anos, mas de impacto nulo nas leis nacionais, qualquer que seja o resultado. 

A recomendação, de que é relatora uma deputada socialista britânica, defende o exemplo da Suécia, Noruega e Islândia (o chamado modelo nórdico), onde o recurso aos serviços de prostitutas é criminalizado.

"A compra de serviços sexuais a pessoas que se prostituem com idade inferior a 21 anos deve ser considerada um ato criminoso, mas, em contrapartida, os serviços prestados por pessoas que se prostituem não devem ser puníveis", diz o relatório da comissão parlamentar dos Direitos da Mulher e da Igualdade dos Géneros, que será votado em plenário na quarta-feira.

Não é possível proibir a prostituição. O que é possível é dissuadir as mulheres que a praticam, através de planos de alternativa de vida que podem ser financiados por entidades privadas (mecenas) ou/e públicas.

Salazar via mais com um só olho semicerrado do que esta escumalha política com os três abertos.


Orlando Braga
25 de Fevereiro de 2014


1 comentário:

taawaciclos disse...

Esta paranóia com as/os prostitutas/os que vendem o seu trabalho físico sexual em troca de DINHEIRO... É apenas divertida!

TODOS SOMOS PROSTITUTOS/AS... Todos vendemos o nosso trabalho físico (sexual ou assexual ) e/ou intelectual em troca de DINHEIRO!

Estas paranóias são simples manifestações de uma bosta comum e que infesta o ar com seu cheiro fétido e que dá pelo nome de RELIGIÃO!

Deixam lá a malta prostituir-se em PAZ E SOSSEGO... E na Graça do Senhor!