quarta-feira, 2 de abril de 2014

A geração mais bem preparada de sempre que não deve nada a ninguém

“Um aluno, para concluir o 12º ano, custa ao Estado cerca de 50000€. E concluir uma licenciatura de 3 anos acresce mais 20000€ de custo para o Estado.
Um curso mais extenso (por exemplo, medicina) custa 100000€ ao Estado.
Afinal, a nossa dívida pública está na escolaridade.
É interessante a canalhada brava, esquerdista, recém licenciada vir para a rua gritar que não contribuiu em nada para a dívida pública quando mamou 70000€ no Estado (mais aos país e pelos anos de chumbo).
Como a dívida pública são "apenas" 20000€/pessoa, já estamos a ver que os escolarizados são os culpados da nossa dívida colectiva.”

3 comentários:

taawaciclos disse...

Espera... Espera...

E a recomendação é?

A recomendação do Pedrito é
"escravo do estado toda a vida"... Não vejo grande diferença nos modelos!

Depois tem para lá umas contas meias estranhas, mas nem vou perder (mais) tempo!

Mas não sei porque se ficam só pelos estudos!

Nascimento: dá despesa pública nos hospitais! Bota na conta corrente do novo escravo!
Vacinações obrigatórias: dá despesa pública nos hospitais! Bota na conta corrente do novo escravo!
Infantários: dá despesa pública nos hospitais! Bota na conta corrente do novo escravo! Os escravos adultos não têm como cuidar da prole, que não tenham filhos!

Escola: já descrita! No final quando acabar o nível que foi capaz de concluir, o estado emite a factura global da conta-corrente, com o plano de pagamento e zás... Tá a pagar escravo!

Não consegue emprego na prostituição normal, que se safa na sexual!

Resumindo:
É mesmo preferível privatizar tudo! Incluindo o ESTADO! E acaba esta palhaçada de vez...

Anónimo disse...

VC E MESMO PARA RIR

taawaciclos disse...

de facto o Pedro Cosme Costa Vieira de quando em vez escreve umas belas anedotas!