sábado, 28 de junho de 2014

A criação de imbecis

A Universidade está a criar imbecis que são iguais à classe política existente”, Marques Bessa




2 comentários:

taawaciclos disse...

Será isto conversa de um imbecil?

Afinal o bacano é professor de escalão universitário, e se as Universidades andam a criar imbecis então ele tem quota parte de responsabilidade! Ou só ele é que não cria imbecis?

Curiosamente o problema parece ter a mesma causa dos restantes problemas - DINHEIRO ... Ah sacaninha! Estragas a vidinha a tanto animal!

As universidades precisam de dinheiro, inclusive para pagar bons salários ao Bessa, e como tal têm que arranjar esquemas para atrair clientes. E como chumbar aspirantes a imbecis com canudo é mau para o negócio... Temos o que temos! E pouco importa se é universidade pública ou privada!

"... que não sabem nada do que é Portugal." pois é! Então lamento ter que ser eu a informar o senhor Bessa que está desactualizado! Portugal já não existe! Agora é

PORTRÓICAL

Felicitações desencanudadas!

Anónimo disse...

A imbecilidade que está a ser criada vem principalmente dos cursos de ciências sociais: direito, economia e outras ciências sociais, onde se aprende socialismo ou comunismo.
Lá há uma escola ou outra de economia onde se aprende algo com sentido para construir capital capaz de elevar níveis de qualidade de vida. No direito, é tudo o mesmo, é a cultura que já vem do Eça.
Basta ouvir os políticos em horário nobre a dizer discurso que se aprendem nessas faculdades: basicamente a música é sempre a mesma.
A palavra liberal aqui é nefasto, mas na Alemanha, USA, Singapura, Hong Kong, UK, é perfeitamente normal, o que é ridículo é o comunismo. Mas enfim, é o que temos por cá.