domingo, 6 de julho de 2014

Palestra para boi dormir

O socialista tenta explicar que na época dos nossos avós a água não era mercadoria e que graças ao capitalismo ela virou mercadoria... 

E eu penso ” por isso que na época deles ter água em casa era luxo e hoje é banal” ... 

Estas palestras nos fazem reflectir.

Felipe Hermes




3 comentários:

Anónimo disse...

E eu penso "por isso na nossa época se tivermos papel moeda ter àgua é banal, se não tivermos papel moeda contínua a ser um luxo"...

Anónimo disse...

pois pois, agora privatizem-na e vão ver como vai ser transformada num bem de luxo.

taawaciclos disse...

A isto se chama "Proteger a Verdade Económica" afinal no Capitalismo apenas quem tem papel-moeda tem o privilégio de ter acesso à água, pelo menos à água canalizada... Se a coisa vira privada teremos exemplos como já acontece nos EUA (o farol da verdade económica!) onde os cidadãos que tenham a triste ideia de construir nas suas propriedades privadas tanques para reter águas das chuvas para depois a utilizarem para a rega, vão passar umas semanas na cadeia e pagam multa!
Afinal de contas a água da chuva não é privada (corporativa) mas interfere com o LUCRO da corporação que tem por negócio vender água, e como tal reter águas das chuvas é o que se pode chamar "Mentira Económica" e como quem mente leva castigo...

Resumindo: És bom a prostituir-te recebendo em troca papel-moeda, tens o privilégio de poder aceder a um vasto conjunto de bens/serviços essenciais sendo que a maioria destes bens/serviços de essenciais nem o cheiro!

Não és bom na coisa da prostituição... AZARINHO do caraças!! És o que se pode apelidar de "escravo obsoleto e incomodativo".

Mas podem continuar assim! Afinal sem papel-moeda NÃO HÁ SUSTENTAÇÃO DA VIDA!

Caso não saibam a primeira coisa que DEUS fez (pelo menos para os crentes em deuses) foi colocar a moeda na máquina e lá começou o jogo!