sexta-feira, 23 de junho de 2017

Para lá do óbvio




Quinta rodeada de carvalhos e castanheiros escapou ao fogo.


As chamas que se abateram sobre o centro do país estiveram muito perto da Quinta da Fonte, em Figueiró dos Vinhos. Tudo ardeu à volta, menos as árvores autóctones plantadas há décadas.




quarta-feira, 21 de junho de 2017

Oh Diabo!

"ENQUANTO NÃO ACREDITAREM QUE CHEGOU O DIABO
PORTUGAL ESTÁ TRANSFORMADO NUM INFERNO"


RP


segunda-feira, 19 de junho de 2017

Veio a abrilada e tudo ardeu

"Ordenamento do território e limpeza das matas. Tudo isto se fazia no Estado Novo, veio a abrilada e tudo ardeu, até as pessoas."

"Já identificaram a árvore responsável pelo início do fogo da tragédia! 
Andam à procura do raio, do raio que os parta e da pqp"

JF





quarta-feira, 14 de junho de 2017

A educação

"Quando falo de educação, refiro-me à formação do homem integral" -

Oliveira Salazar 

(In GARNIER, Christine. "Férias com Salazar". 5ª ed. Lisboa: Parceria António Maria Pereira, 1952, p. 111).



A Alemanha a destruir novamente a Europa



A luta hoje deve ser dirigida contra os inimigos internos: as almas enfermas que nos querem conduzir para o abismo.

A maior parte das pessoas de "Esquerda" inclui-se no grupo das almas enfermas, porque já não lutam contra os males do capitalismo, mas contra o Ocidente.

IS



terça-feira, 13 de junho de 2017

É possível o multiculturalismo?

«É possível o multiculturalismo? 
Isso é uma contradição nos seus próprios termos. O multiculturalismo nunca existiu em tempo algum. Se a cultura consiste naquilo que determina a concepção do mundo, a religião, a moral, que fazem com que uma sociedade tenha uma unidade e que possa ser uma única sociedade, seguindo aquilo que Aristóteles dizia o que une os homens é a comunidade de ideias sobre o que é o Bem e o que é o Mal, como se refere no início da Política, então, se isto é assim, o multiculturalismo é uma ideia tão absurda como sustentar que um homem possa ter duas almas ou que uma alma possa ocupar dois corpos.»

~ José Miguel Gambra - prof. catedrático de Lógica
(Universidade Complutense de Madrid)


segunda-feira, 5 de junho de 2017

A Cruzada Europeia do Séc. XXI


Na Suécia, feministas a galoparem e a fingirem serem cavalos em protesto contra estátuas "patriarcais" de homens a cavalo. 






sexta-feira, 2 de junho de 2017