quarta-feira, 11 de outubro de 2017

O Circo Catalão



9 comentários:

pvnam disse...

DEFINIÇÃO: nazi - hitleriano ou de outro tipo - é todo aquele que não suporta a existência de outros...
---»»» Esta simples definição, põe a nu muitos hipócritas que pululam por aí]
[obs: nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros]
.
Sequazes de Hernán Cortés não têm emenda; um exemplo: o nazi Rajoy.
Ora, de facto, o problema do senhor (nazi) Rajoy é não suportar a existência de outros...
.
.
É A LUTA PELA LIBERDADE QUE ESTÁ EM CAUSA!!!
-» É preciso dizer não aos nazis que não suportam a existência de outros; leia-se: separatismo-50-50..
.
Explicando melhor:
---»»» Todos Diferentes, Todos Iguais... ou seja, todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» inclusive as de rendimento demográfico mais baixo, inclusive as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-hitleriana; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
.
.
.
Existe uma ameaça global: mercenários ao serviço da alta finança (capital global) trabalham para a eliminação de fronteiras: a alta finança ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar...
.
---»»» É necessário um activismo global: mobilizar resistentes autóctones de todo o planeta - sejam de Direita ou de Esquerda - para o Direito à Sobrevivência da sua Identidade; leia-se SEPARATISMO-50-50.
[manifesto em divulgação, ajuda a divulgar]
.
.
.
Um problema global -» mercenários (ao serviço da alta finança), aspirantes (a donos-disto-tudo) e penduras (lambe-botas) estão impregnados de hitlerianismo: não suportam a existência de outros!
.
.
Os MERCENÁRIOS gostam de evocar (como se tal fosse o único valor existente no planeta) que o SEPARATISMO vai trazer problemas económicos.
Na sua cegueira anti-Trump (tocou no tema-tabu -» fronteiras), os mercenários chegaram ao ponto de andar a evocar a imigração para a América... quer dizer, ao mesmo tempo que eles andam por aí a acusar povos de deixarem 'pegada ecológica' no planeta, em simultâneo, os mercenários revelam um COMPLETO DESPREZO pelo holocausto massivo cometido sobre povos nativos na América do Norte, na América do Sul, na Austrália, que (apesar de serem economicamente pouco rentáveis) tiveram o «desplante»... de quererem ter o seu espaço no planeta, de quererem sobreviver pacatamente no planeta, de quererem prosperar ao seu ritmo.
.
.
ASPIRANTES: pessoal dotado de uma elevada taxa demográfica... ambiciona/aspira ser dono-disto-tudo.
.
.
PENDURAS: na Europa existem muitas comunidades nativas penduras -» não trabalham para a sustentabilidade da sociedade (média de 2.1 filhos por mulher)... penduram-se na boa produção demográfica de outros!
[e mais, os penduras ao mesmo tempo que são contra a repressão dos Direitos das mulheres, em simultâneo, são uns lambe-botas da boa produção demográfica daqueles que tratam as mulheres como 'úteros ambulantes' - exemplo: islâmicos]
{Os penduras são uns lambe-botas dos aspirantes a donos-disto-tudo e da alta finança}

Reaccionário disse...

Hum... As três últimas publicações deste blogue são em defesa da unidade espanhola... É caso para perguntar se essa unidade defendida também compreende a cidade e o território de Olivença?

Vivendi disse...

"As três últimas publicações deste blogue são em defesa da unidade espanhola..."

São em defesa da tradição Ibérica.


"É caso para perguntar se essa unidade defendida também compreende a cidade e o território de Olivença?"

Nunca vi uma manifestação genuína do povo de Olivença com interesse em pertencer a Portugal como tal é uma questão que não me preocupa.

Destaco na nossa raia algo que muitos desconhecem, uma república, o Couto Misto, com mais de 8 séculos de independência que acabou em um território ao abandono.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Couto_Misto

Reaccionário disse...

Pois, fiquei esclarecido a respeito do seu "tradicionalismo"...

E peço-lhe que retire o meu blogue (que há mais de 1 ano se chama VERITATIS) da sua lista de ligações. Visto que não quero ser confundido com certas "opiniões".

Obrigado.

Anónimo disse...

S. Teotónio apoiou D. Afonso Henriques; O Santo Condestável apoiou D. João I; do céu veio concordância com D. João IV; os nossos antigos sempre dizem "de Espanha, nem bom vento, nem bom casamento". Agora parece que é tradição que tudo isto seja ao contrário ...

Vivendi disse...

Agora parece que é tradição que tudo isto seja ao contrário ...

Tradição Ibérica não é União Ibérica.

Vivendi disse...

E peço-lhe que retire o meu blogue (que há mais de 1 ano se chama VERITATIS) da sua lista de ligações. Visto que não quero ser confundido com certas "opiniões".


Não há vias únicas para a verdade. Prove em seu blogue por A mais B que estou no caminho errado que irei ter em conta na minha aprendizagem.

Cordiais saudações.

Reaccionário disse...

Os seus próprios comentários revelam que o Vivendi não é tradicionalista...

Volto-lhe a pedir por favor que me retire da sua lista. Prometo rezar uma Ave Maria pela sua alma, se assim o fizer.

Reaccionário disse...

Porque não retira o VERITATIS (o qual insiste chamar Acção Integral) da sua lista? Não ficou já bem patente o desacordo de ideias?