terça-feira, 9 de abril de 2013

Lição rápida de economia


Este diagrama deveria entrar no programa curricular do ensino primário para que as crianças demonstrem aos socialistas que é muito fácil conseguir perceber um pouco de economia.

12 comentários:

Anónimo disse...

Poupem as crianças sff. Este diagrama está completamente ao lado ...


Vivendi disse...

Poupem as crianças sff. Este diagrama está completamente ao lado ..

Explique lá porquê.

Anónimo disse...

a economia é uma ciência social pá. pareces o Gaspar. quadrados como uma folha de excel.

brancaleone disse...

expliquem isso as crianças japonesas...

Parreira disse...

Isto está tão certo, tão correcto, tão inquestionável... Irrita é um bocado os maluquinhos que por aí andam a querer fazer tremer pernas de banqueiros alemães.

Republiquei, se não se importam.

Anónimo disse...

académicos e bolseiros que tal como os lideres principais dos nossos partidos nunca fizeram parte da vida real fazem-me rir. quando nem para vocês isto der,vocês engolem os sapos.

Luis Pedro Costa disse...

Diagrama correctíssimo!

Anónimo disse...

Estas caixinhas são só as que se podem mostrar às crianças. Na versão para adultos faltam as caixinhas hardcore tipo:
O país padece de partidocracia-aguda?
O aparelho de estado está infectado pelo vírus da corrupção?

Anónimo disse...

O diagrama está certo, o comentário de rodapé completamente ERRADO.
Só um forte estado social impede o endividamento e promove a economia sustentada. Por outro lado, políticas de merceeiro como os actuais neo-conservadores, só promovem recessão e mais dívida.
Aconselha-se a consulta de INE, Eurostat, Pordata, OCDE, etc, etc, etc...

vazelios disse...

O segundo e o nono anónimo (não sei sesão os mesmos) fazem sempre a mesma jogada de retórica da esquerda:

Fazem uma afirmação sem a sustentar com dados, sejam matemáticos, gráficos, historia, o que for! Afirmam como se fosse uma verdade incondicional.

"a economia é uma ciência social pá. pareces o Gaspar. quadrados como uma folha de excel" - Isto não quer dizer rigorosamente nada. Aliás, se tiver em atenção a teoria da economia austriaca, modelo por aqui seguido e apoiado, se a estudar bem verá que esta se preocupa mais com as decisões dos cidadãos do que qualquer outro modelo. A LIBERDADE que a escola austriaca propõr é exactamente por compreender que a centralização da economia não é eficaz. É impossivel prever e saber as decisões de todos nós.

Mas há uma coisa que qualquer modelo ou qualquer teoria não se pode dissociar: A ARITMÉTICA.

Coisa esta que muita gente teima em não compreender. Economia é uma ciência social blablabla...isso quer dizer o quê? Que se deve dar tudo a toda a gente? Com resursos finitos?

"O diagrama está certo, o comentário de rodapé completamente ERRADO.
Só um forte estado social impede o endividamento e promove a economia sustentada. Por outro lado, políticas de merceeiro como os actuais neo-conservadores, só promovem recessão e mais dívida.
" - Mais uma vez uma afirmação fácil de escrever, mas dificil de sustentar. Sustente por favor a sua teoria porque eu também posso dizer que baixar o ordenado minimo para 5 euros vai fazer-nos crescer 10% por ano durante 50 anos.

Ou por exemplo agora o Nicolas Maduro que propõe aumentar o ordenado minimo em 45%. Vão ver o que vai acontecer, se ganhar! Inflação superior a isso. Com um passo em frente dão 3 atrás.

Quando querem contra-argumentar por favor provem-no.

O Tiago, Bernardo, Vivendi e Felipe sustentam sempre os posts com gráficos ou contas. Podem não concordar com eles, mas a argumentação torna-se válida, mas passível de contra-argumentação, porque não é a verdade absoluta. É uma analise de factos interessantes, o que não se verifica nestas duas afirmações que transcrevi.

Estas afirmações são só postas de pescada. E este tipo de retorica sempre nos atrasou e continua a atrasar.

Incitador disse...

«You never change things by fighting the existing reality. To change something, build a new model that makes the existing model obsolete.»
Buckminster Fuller
(Fonte:
http://incitador.blogspot.pt/2009/11/citacao.html )


Acho que seria interessante que algum dos críticos deste diagrama propusesse um novo que tornasse este obsoleto.

taawaciclos disse...

A única falácia é aquela linha de ligação 'Não? que sai da caixa "falta de financiamento"
Porque o sistema que abastece a mitológica "economia" não tem sustentação na realidade!